O Batizado do Bebê Pecador

Originalmente postado em 10/12/2008

Chegamos atrasados, eu e meu pai – que por coincidência ou não – somos os únicos da família que não compactuam com os dogmas da Santa Igreja Católica. Uma pequena capela, no sítio da família da mãe da criança, era rodeada por parentes, amigos, vizinhos e chegados. Estava muito sol. Escolhi um vestido simples, florido e até o joelho, para ninguém comentar nada. Nem feio, nem bonito. Prefiro parecer invisível nessas ocasiões, já que nunca sei como me comportar em casamentos, batizados, crismas e velórios. Sou um pouco ignorante em relação à cartilha de Nosso Senhor Jesus Cristo. Mas sei que ele foi um grande cara, e por isso, jamais se incomodaria com regras de cartilhas que foram inventadas depois de sua morte por pessoas que pensam representá-lo.

Todos espremidos ao redor de uma mesa retangular, que o padre insistia em chamar de altar, suavam incessantemente e disputavam os banquinhos de madeira com minhas tias-avós que subiam neles para achar um ângulo melhor para a foto. Milhares de fotos. A era digital chegou à geração das bisavós. É que o bebê é filho do meu primo e inaugurou a nova geração da família. Foi abençoado na testa com uma cruz de água de torneira que se transformou em água benta ao tocar o fundo do cálice de prata:

– E QUE DEUS NOSSO SENHOR ESTEJA PRESENTE NESTA ALMA, QUE POR SER HUMANA, CARREGA EM SI O INSTINTO PECADOR!

– … Como? Como ele pode generalizar toda a raça humana assim? – murmurei para minha mãe.

– Shhhhiu!

– QUE NÃO SEJA DE TODO CORROMPIDO PELOS MALES QUE ESTA VIDA HÁ DE COLOCAR EM SEU CAMINHO! EM NOME DO PAI, DO FILHO……

…Eu imaginava os ossinhos perdidos de Jesus Cristo dando cambalhotas de aflição nas areias quentes de alguma caverna erma do Oriente Médio… DO ESPÍRITO SANTO, AMÉM!

Todos em coro rezaram uma Ave-Maria. Preciso estudar essa reza qualquer dia. É bonita, mas muito complexa. Me confunde. Como assim “o senhor é convosco”? O que é isso exatamente? E é “bendito sois vós” ou “sois nós”? Tão cheia de armadilhas quanto o hino nacional. Enfim, o brado retumbante do padre ofuscava como raios fúlgidos o pobre bebê pecador, que suava em bicas, chiquérrimo, num colete de lã.

– Veio de carola, hoje? – minha prima, sarreando meu vestido comportado.

– Ela está tentando se livrar dos pecados – se adiantou meu pai.

– Me livrar dos pecados? Não. Valeu.

– Não fala isso pro seu pai! – exclamou o próprio. – Eu fui coroinha na Itália. Fiz três missas em latim.

– É mesmo? Bom, deixa eu ver…Ah, eu entrevistei o Marky Ramone em ingles, ao vivo, traduzindo tudo na hora. Páreo duro, hein?

– Shhhhhiu! – reprimiu minha mãe, que neste dia resolveu representar a extrema-direita.

As mensagens do reverendo entravam pelos poros da minha pele. Comecei a suar mais. Duas meninas cantavam em coro ao fundo, acompanhadas por um violão. A temperatura subia. Uma abelha tentava entrar na boca do padre, que falava em confirmar o batismo, em cordeiro de Deus e até nas próprias abelhas, tentando integrar seu discurso à situação constrangedora de se ter uma abelha rodeando a própria boca ao falar em público. Muito habilidoso.

Comecei a ficar com dor de cabeça e a pensar num cordeiro assado. Aquilo não acabava nunca. Muita fome. Trinta minutos, quarenta minutos, uma hora. Socorro. Meu pai cochichava com meu tio que dormia, minha mãe reprimia com shhhius e shhhius, minha prima zombava da minha roupa e as velhinhas clicavam tudo. No fundo, todos ali tinham uma válvula de escape. Até o bebê, que suando horrores para expurgar com antecedência seus primeiros pecados, se entretia com um graveto. Só me restou desmaiar.

Acordei num sofá. Pessoas me cercavam, inclusive o padre, que não estava mais de batina, mas `a paisana, segurando um prato de arroz com salada. Não foi nada, não foi nada.  Foi só o calor. Todos almoçavam e bebiam refrigerante ou vinho. Era disso que eu precisava. O bom e velho sangue de Cristo. Aleluia!

Anúncios

16 Comentários on “O Batizado do Bebê Pecador”

  1. Guilherme Corrêa disse:

    O sangue de Cristo tem poder, menina. Viu? Pensou e falou tanto pecado que você foi repreendida divinamente. hahahaha Brincadeira, visito o blog pela primeira vez e já me deparo com esse texto. Parabéns. Aliás, boa sorte no Multishow! Você merece!

  2. Samuel disse:

    putz, tinha feito um comentário c/ ‘ps’ e uns links p/ vc, será q não entrou ou foi barrado, Lu? :/
    bjs

  3. Samuel disse:

    “Lembrar de dar um ‘copiar’ antes de enviar o comentário, não tem preço.”

    Hehe.

  4. anonimo disse:

    texto enorme…
    só leio pq foi voce que escreveu 0.0
    se foi. bjo linda.

  5. rockeiro107 disse:

    “- É mesmo? Bom, deixa eu ver…Ah, eu entrevistei o Marky Ramone em inglês, ao vivo, traduzindo tudo na hora. Páreo duro, hein? ”

    Com esse seu sorriso, a única surpresa é que ele não tenha aprendido português só pra não te dar o trabalho de traduzir.

  6. pedro_ishi disse:

    pelo alto que se muda a consciência, no altar.

    entretanto, hoje em dia não consigo ouvir essas hitórias sem lembrar da história de quem vai amarrar o gato, sabe?

    pra mim rola forte um inversão de valores. é muito ritual pra pouca mensagem. muito gato amarrado pra pouca meditação.

    que deus carente é esse que precisa que todos rezem para ele todos os dias?

  7. Rayra D. disse:

    esse post eu ainda ñ tinha lido =)

    adorei..tbm ñ gosto de festas como essas..alem d serem chatas fico revoltada com o que o padre diz!!

  8. A história da um roteiro de um curta, vamos produzir? Adorei rsss!!!

  9. LOBO. disse:

    Eu fiquei o dia inteiro fazendo o Love Theme…

    um clip que fica tudo preto… lol

    eu fui mandar dez horas,
    só que eu descobri que tinha ficado muito pesado.

    aí eu tive que cortar no meio…

    depois tirar o meio… depois colocar o meio.

    …é o que ??? …então.

    terminei 1:20 . eu acho…

    : *

  10. LOBO. disse:

    Esse é o meu amigo Boxér… (Pugilista.)

    Ele assovia quando fala porque acabou de sair de uma luta, tá ligado ?

    Não vai tirar sarro dele não, ein…

    O cara é gente fina e… eu acho que é um cara, não sei.

    Passou um motoboy no final mas deu tudo certo.

    O outro era o meu primo, metido a jiujitero…

  11. LOBO. disse:

    ( Esse é o primeiro vídeo que eu fiz, como teste. )

    …eu fiquei cuspindo no microfone. …lol

    Sem comentários…

  12. LOBO. disse:

    Faz de conta que eu não fiz isso… lol.

    • Samuel disse:

      kkkk! Seria vc o Lobão, grande Lobão do ql sou fã desde os tempos em q músico no Brasil rodava por ínfimos microgramas de erva na mochila? Pô, se for, saiba que sou seu fã, desculpaê por aquela vez no post do Osho! Sim, continuo seu fã mesmo depois desse vídeo. Pra vc ver q sou um fã de verdade mesmo, hein! kkkk
      Abs

  13. Marquinhus disse:

    Uau nunca vi LUISA tão rebelde…
    Jesus (dizem) carregou uma cruz
    A gente já nasce com uma cruz pra carregar
    bjoks


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s