E o Rio de Janeiro continua…

 

Quente. Lindo. Cheio de taxis amarelos e um cheiro estranho que nunca vai embora. Também continua cheio de gente que reclama do trânsito sem ter a marginal Tetê como referência. Cheio de gente alegre e restaurantes bons espalhados pela cidade. Cheio de barcos parados, boiando, esperando o dia passar lento, enquanto um avião se exibe  entre eles e uma pedra enorme que deve ter saído da terra durante algum terremoto, num dia distante de hoje. O Rio de Janeiro continua no verão enquanto São Paulo não. Parece outro hemisfério. Parece outra língua. Hoje o Cristo parece escocês, está de saia. Talves seja uma canga. Talvez hoje ele desça para dar um mergulho. Ia ser divertido ver o Cristo descendo. Um lance meio King Kong. Eu tiraria uma foto. Que nem essa que tirei hoje de manhã, com o novo efeitinho mágico do meu iphone. Cada coisa que inventam – a gente chega na era digital para voltar para trás e fingir que tira foto com negativo e acha incrível. Eu acho incrível. E o Cristo está sendo reformado para os gringos acharem ele lindo. E eu vou dar um rolê porque tá sol lá fora! Beijuis génte!

Anúncios

9 Comentários on “E o Rio de Janeiro continua…”

  1. leo disse:

    Os “efeitinhos mágicos” parecem que estão sempre regredindo!

    haha.

    Aquele abraço!

  2. Daniel disse:

    Oi Luísa! eu trabalho na loja de souvenir ali na entrada da estação de trem pro Corcovado, aparece por lá amanhã que terei o maior prazer em te atender e te dar dicas do Rio. 😛 será um prazer
    bjos Daniel

  3. Felipe Delfim disse:

    É, Lu… o Rio de Janeiro foi lindo, é lindo e sempre será lindo! Um cenário paradisíaco, histórico e admir]ável. Pena que tudo é tão caro… ;x

    E eu JURO que achei que essa foto era alguma tela pintada à mão por alguém bem fera com o pincel. Malditos IPhones… huahua

    :*

  4. Drako Maku disse:

    Uma foto digital nunca vai envelhecer no computador e ficar com uma cara de nostalgia. Também acho incrível.

  5. Wellington disse:

    O mundo esta la fora, mas também esta nos livros!

    Parabéns pelo blog! Virei leitor!

  6. beto disse:

    não é o pão de açúcar na foto

  7. Samuel disse:

    Excelente texto, Luisa! Perfeita descrição dessa city que eu também amo muito. E, realmente, tem aquele “aroma” no ar que infelizmente nunca desaparece… kk Em tempos de algum evento importante, desaparecem até com os mendigos das ruas, mas o cheiro de nhaca no ar é onipresente e pelo visto onipotente também, porque não conseguem vencê-lo nunca. kkk

  8. anonimo disse:

    =/ nunca fui no Rio, mas parece lindo.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s