Sábado, vizinhos e fumaça

Originalmente postado em 02/08/2009 – 01:42

Deveria ser proibido. Aliás, fora da Holanda, é proibido. Nada contra a coisa em si, mas pensei que o andar estava em chamas quando desci do elevador. Vizinhos novos. O hall deve ter uns 10 metros quadrados, e eu não conseguia ver a porta do meu apartamento por conta dessa fumaça com cheiro doce. Decidi não reclamar desta vez. Não porque eu esteja de bom humor, mas porque fui repreendida.

– Você tem 90 anos ou o que? Deixe as pessoas se divertirem, é sábado `a noite!

Ele não estava se referindo apenas ao ritual transcendental hippie dos vizinhos da frente, mas também `a putar… quero dizer, ao churrasco que a outra facção de vizinhos arranca-cabelos fazia lá embaixo. Moro no quinto andar. O problema é que o som reverbera através do gigantesco vale da Pompéia e retorna oitocentas vezes mais alto em direção `as janelas dos pobres anciãos de 90 anos como eu.

Alguma coisa estava sendo comemorada ao som mais variado DO MUNDO: Victor e Leo, The Killers, AC/DC e Tom Jobim. Sem brincadeira, esse é um fragmento original do playlist da tchurma. Talvez seja um aniversário de quadrigêmeos quadrivitelinos que não têm absolutamente nada a ver um com o outro (inclusive nas amizades, pois essa quantidade de pessoas, se empilhadas, chegariam ao topo do prédio).

Ele precisa comprar um terno. Estamos voltando do shopping center da mesma forma que australoptecus famintos voltam de uma perigosa e frustrada caçada por mamutes selvagens. Um shopping sábado a tarde em São Paulo é como uma savana lotada de hienas. Creio que somos hienas-light, pois apesar de termos entrado em absolutamente todas as lojas de ternos, não compramos nada. Ele não gostou de nenhum.

Casamentos em geral têm peculiaridades e restrições. Nos Estados Unidos, isso é ainda mais forte. Principalmente com o padrinho principal: o melhor homem (!). Não bastasse o terno ter de ser de cor clara, ele cismou que quer um azul-claro. Acho que vou ligar para o James Bond. Não para ele resolver o problema, mas para ele emprestar um! Ou o Snoop Dogg, o Jay-Z, esses rappers tem ternos de várias cores. Ok, mais fácil achar um mico-leão.

Enquanto ele procura um terno no e-bay, eu aceito o fato de que já decorei a letra do Victor e Leo. É a quarta vez que está tocando e pior: na verdade percebo que fico frustrada quando cortam a música bem na hora do refrão. Eu já estava fazendo parte daquela baderna quando alguém finalmente desligou o som. Talvez outra velhinha do prédio tenha reclamado. Quem será que foi? A única que eu conhecia faleceu anteontem. Tem um aviso no elevador. Pobrezinha. De qualquer forma, espero que seja ela quem jogue os ovos pela janela, assim isso nunca mais vai acontecer. Cansei daquela meleca no térreo.

Nunca fiquei tão feliz com o fim de uma festa. Mas agora preciso pensar na outra: na festa do terno azul-claro. Jurei para mim que vou achar, na internet. Ele escolhe um filme. Tem Polanski, Buñuel e Billy Wilder.

– Escolhe um que eu já vi, por favor, porque vou passar as próximas horas no e-bay- falei.

Chegou a pizza. O prédio está em silêncio. A fumaça baixou. Agora sim.

Anúncios

19 Comentários on “Sábado, vizinhos e fumaça”

  1. LOBO. disse:

    Eu gostaria que nunca tivesse ido embora, porque teria a certeza de que é você.

  2. LOBO. disse:

    Andando em um sonho
    Eu vejo você
    A minha luz nas trevas respirando a esperança de uma nova vida
    Agora eu vivo através de você e você através de mim
    Encantada
    Eu rezo em meu coração para que esse sonho nunca acabe

    Eu me vejo através dos seus olhos
    Vivendo a vida voando alto
    A sua vida ilumina o meu caminho para o paraíso
    Então eu ofereço a minha vida como sacrifício
    Eu vivo através do seu amor

    Você me ensina como enxergar
    Tudo que é bonito
    Os meus sentidos tocam suas palavras que eu nunca
    imaginei
    Agora dou a minha esperança para você
    Eu me rendo
    Peço em meu coração para que este mundo nunca termine

    Quando o meu coração não estava aberto
    (e o meu espírito nunca livre)
    Para o mundo que você me mostrou
    Mas os meus olhos não podiam dividir
    Todas as cores do amor e da vida cada vez mais
    Cada vez mais

    (Eu me vejo através dos seus olhos)
    Eu me vejo através dos seus olhos
    (Vivendo a vida voando alto)
    Voando alto

    Eu vivo pelo seu amor
    E vivo pela sua vida

    Eu vejo você

  3. LOBO. disse:

    Se nunca foi embora, não vá agora, porque eu preciso de você.

    Se já foi, não precisa mais voltar. Se não aceita o meu destino.

    Eu não posso fugir. Saiba que se não foi embora eu estarei aqui.

    Se não foi embora acredita em mim. Eu não preciso de nenhuma resposta.

  4. LOBO. disse:

    Você conhece a verdade, conhece o que eu não conheço,

    sabe se me deixou ou não.

  5. LOBO. disse:

    Conhece o que eu não conheço.

  6. LOBO. disse:

    Eu preciso que me mostre.

  7. Sydney disse:

    A partir do “Ele precisa comprar um terno.” nao entendi quase nada!

    E Victor e Leo eh demais pro meu dreno espinhal kkkkkkk

    bj!

  8. Sydney disse:

    .

    Ah propósito, qd vc vai voltar a discotecar? se continuas na ativa desconsidere this question 😉

    See ya!

    .

  9. Jonathan disse:

    Luisa e seus amados vizinhos (risos)

  10. Samuel disse:

    Hehe! Adoro esse texto!

    “…ao som mais variado DO MUNDO: Victor e Leo, The Killers, AC/DC e Tom Jobim.”

    Rrrssss! Victor e Leo (ViCtor ainda por cima… Pra soar mais chic será? kkkk) é ruim, hein?! Heh

    Detalhe: não é só na Holanda que pode fumar ervinha de Shiva de boa não, Luisa. Em vários lugares da Europa como Portugal, França, Itália, Espanha, UK, Suíça, Bélgica, Rep. Tcheca, Romênia, Malta, Grécia e Bulgária, por exemplo, pode queimar um ‘incensinho’ fumável de boa. Hehe. Legalize ganja 2010! \o=~
    O Terminator tá fazendo um bom trabalho na Califórnia, ele é mais legalize que o Obama, que depois de eleito parou de demonstrar interesse no que vinha prometendo. Eu não entendo como é que uma planta pode ser proibida… E pior, mesmo que fosse proibida pra uso psicotrópico, é inadmissível que em pleno 2010 e com o planeta, a natureza, na situação que está, eles irem lá e queimarem hectares da planta quando encontram! O cânhamo tem inúmeras utilidades além do uso psicotrópico que poderiam ser parte da solução pra miséria no mundo, mas as “inteligentíssimas” autoridades que temos não dão a mínima pra isso… Depois é o nego que queima um cigarro ou baseado que tá destruindo a camada de ozônio! AH TÁ! kkkk

    Bjs

  11. Letícia Lavigne disse:

    posso falar? antes vitor e leo do que funk, reflita. hahaha
    te amo, tá?

    beijos!

  12. Letícia Lavigne disse:

    e ah, lê o meu blog? ❤

  13. luisa micheletti , volte para as telinhas , porque está cheio de marmanjoes com amor platônico por si , como eu .

  14. rockeiro107 disse:

    A partir do “Ele precisa comprar um terno.” nao entendi quase nada! [2]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s